114 kms / 4 dias a pé

Caminho de Fisterra e Muxía

Para aqueles peregrinos insaciáveis que, tendo já chegado a Santiago de Compostela, ainda desejam mais, o Caminho a Fisterra e Muxía é o caminho perfeito que os conduz até o fim do mundo. Literalmente

Se for um deles e quiser continuar até o Cabo Fisterra ou aproveitar a oportunidade para visitar o santuário da Virxe da Barca, aqui tem todos os detalhes do Caminho de Fisterra e Muxía numa guia especializada com tudo o que precisa para poder planear a sua experiência da melhor maneira possível.


Foto: Santuario da Virxe da Barca

Quer fazer o Caminho de Santiago?

Confie na melhor agência para organizar a sua viagem. Deixe os seus dados e nós iremos enviar-lhe informação sem qualquer compromisso.


Os seus dados vão ser comunicados à Pilgrim Travel S.L. , e esta empresa vai gerir a sua solicitação. Para exercer os seus direitos de limitação do tratamento, consulte a política de privacidade. Dados recolhidos por Premium Leads S.L.

História do Caminho de Fisterra e Muxía

114 kms / 4 dias a pé

 

Ao contrário da maioria das rotas jacobeias, cuja origem surge após a descoberta dos restos do Apóstolo Santiago na época medieval, o Caminho de Fisterra e Muxía remonta-se a muitos séculos atrás. Especificamente, à cultura celta, na qual o nascer e o pôr-do-sol eram venerados em lugares estratégicos situados na costa.

Fisterra, como a própria origem do seu nome indica, finis terrae, foi considerada durante muito tempo como o fim do mundo, além de ser um desses lugares onde os antigos sacerdotes adoravam o sol. Posteriormente, a Igreja encarregou-se de santificar esta tradição pagã, adicionando Muxía como lugar de culto onde o Apóstolo Santiago, segundo a lenda cristã, testemunhou a aparição da Virgem Maria num barco.

Como podemos ver, e ao contrário do que muitos podem pensar, o Caminho de Santiago de Muxía e Fisterra não é algo recente, mas remonta a muito antes do cristianismo. Actualmente podemos obter uma acreditação semelhante a Compostela se fizermos este Caminho: a Fisterrana, no caso de caminhar até Finisterre ou a Muxiana, no caso de escolher Muxía como destino final.

camino fisterra muxia

Por que escolher o Caminho de Fisterra e Muxía?

O Caminho de Fisterra e Muxía tem também a particularidade de ser o único que não tem a cidade de Compostela como objectivo, mas como ponto de partida. Portanto, torna-se o toque final para os peregrinos que, não satisfeitos com a chegada à Catedral de Santiago, decidem continuar para o lugar anteriormente considerado o fim do mundo, ou para outro templo tão importante como o dedicado à Virgem da Barca, em Muxía

Se a sua peregrinação a Santiago de Compostela não foi suficiente para si, ou se quiser saber como é fazer uma viagem que regressa ao Neolítico, o Caminho de Fisterra e Muxía é a experiência que está a procurar. Só precisa de quatro ou cinco dias para a completar e obter a certificação final. E não se esqueça de presenciar o pôr-do-sol à sua chegada, como tinham feito os nossos antepassados, para se purificar e renascer espiritualmente.

Negreira

Foto: amaianos from Galicia

Ponte Maceira

Foto: Galicia Plus

Fisterra

Foto: Itsd-foto

Muxía

Foto: P. Lameiro

Etapas do Caminho de Fisterra e Muxía

O Caminho de Fisterra e Muxía começa na capital de Compostela e continua até à costa galega através de belas aldeias e verdes florestas que nos acompanham durante cada etapa. A seguir, detalhamos aquilo que poderá encontrar cada dia deste Caminho.

Etapa 1
Santiago de Compostela – Negreira (20,6 km)

A primeira etapa do Caminho de Fisterra e Muxía deixa a capital galega para trás entre as típicas paisagens rurais galegas. É uma rota relativamente simples, com a excepção da subida até o Alto do Mar de Ovellas. Contudo, o nosso esforço será recompensado quando chegarmos a Ponte Maceira, uma bela ponte romana sobre o rio Tambre que nos oferece magníficas vistas até a nossa chegada a Negreira, caminho plano e sem dificuldades neste último troço.

Etapa 2
Negreira – Olveiroa (33,6 km)

Esta é uma etapa mais longa e ligeiramente mais difícil do que a anterior, mas será compensada pela paisagem que poderemos desfrutar ao longo do percurso. Deixamos Negreira atravessando o seu belo arco situado entre a capela e o Pazo de Cotón, e decorado com brasões de armas, para continuar através de florestas de folha caduca e aldeias diferentes durante do caminho. No final desta etapa iremos ver a barragem de Fervenza, no vale do rio Xallas, para atravessar a ponte de Olveiroa que nos acolhe na cidade do mesmo nome.

Etapa 3
Olveiroa – Fisterra (32,2 Km)

Na etapa de hoje e uma vez chegarmos a Hospital, temos de escolher entre continuar a percurso em direcção a Fisterra ou em direcção a Muxía. No primeiro caso, poderemos visitar as aldeias de Cee e Corcubión, declarada conjunto Histórico-Arístico. Uma vez passar esta cidade, ficamos já no meio do nosso caminho em direcção ao fim do mundo.

Etapa 3B
Olveiroa – Muxía (31 km)

Se optarmos por continuar em direcção a Muxía na etapa de hoje, após a birfurcação na aldeia de Hospital, continuaremos por um longo percurso marcado pelo asfalto na sua maior parte, embora também percorremos trilhas naturais. A melhor parte desta etapa fica no final, pois à nossa chegada a Muxía poderemos visitar esta aldeia costeira e a sua igreja situada ao lado das rochas, para poder ver desde aqui o pôr-do-sol com o ruído das marés de fundo.

Etapa 4
Muxía – Fisterra (27,8 km)

Nesta etapa que une os dois pontos essenciais do Caminho, percorremos uma rota com declives que podem ser difíceis para algumas pessoas. É uma rota rochosa com caminhos de terra em alguns troços, não sendo especialmente fácil, apesar de ser um traçado que discorre pela costa. Não há dúvida em que estamos a aproximarno ao fim do mundo. É também muito provável que encontremos outros peregrinos a fazer o mesmo percurso em sentido oposto, caminhando em direcção a Muxía para terminar a etapa no santuário da Virgem da Barca.


Precisa ajuda para projetar o seu Caminho de Santiago?

Se quer viver toda a experiência do Caminho de Santiago, ajudamo-lo a programar a sua viagem. Apresente-nos a sua questão sem compromisso e nós responderemos muito brevemente.

Os seus dados vão ser comunicados à Pilgrim Travel S.L. , e esta empresa vai gerir a sua solicitação. Para exercer os seus direitos de limitação do tratamento, consulte a política de privacidade. Dados recolhidos por Premium Leads S.L.

Conheça outros Caminhos

O Caminho Francês de Santiago é um dos caminho mais exigentes, mas existem alternativas que deveria conhecer.

» Caminho Francês 764 km / 33 dias
» Caminho Português 620 km / 25 dias
» Caminho do Norte 824 km / 32 dias
» Caminho Primitivo 313 km / 11 dias
» Caminho Inglês 119 km / 6 dias
» Via da Prata 960 km / 27 dias