O Caminho de Santiago de bicicleta

9 de abr. de 2021

camino en bici

Embora muitos peregrinos já gostem de andar de bicicleta, outros preferem este meio de transporte porque têm menos dias para fazer o Caminho de Santiago. Ou simplesmente, porque já o fizeram a pé e procuram uma forma diferente de peregrinação.

Seja qual for o seu caso, aqui ficam algumas dicas se você está pensando em fazer o Caminho de bicicleta, para que possa escolher a opção que mais se adapta a você, e não se esqueça do material essencial para terminar sua viagem sem incidentes.

E lembre-se que se você deseja organizar o seu Caminho de Santiago para que tudo realmente corra bem, nós podemos ajudá-lo. Você só precisa entrar em contato conosco!

Receber informação

Qual Caminho é o Melhor para Fazer de Bicicleta?

Como se decidisse fazer a pé, deve levar em consideração a sua forma física se se atrever a fazer o Caminho de bicicleta. Embora demore menos tempo, para obter a sua Compostela é obrigatório percorrer no mínimo 200 km (o dobro do que a pé), pelo que é normal pedalar entre 60 a 80 km por dia.

E, claro, a orografia de cada Caminho de Santiago deve ser levada em consideração.

Desta forma, se procura um percurso sem muitas dificuldades e com muitos serviços em cada etapa, o Caminho Francês continua a ser a melhor opção. Embora também seja percorrida por muitos peregrinos a pé, ainda é a opção preferida dos bicigrinos de primeira viagem.

O Caminho Português também é uma alternativa simples e de momento ainda menos movimentado que o Francês. Se fazer o Português da Costa, poderá também desfrutar das melhores vistas sobre o mar em todo o seu esplendor.

Pelo contrário, se é um ciclista experiente e não tem medo de longas distâncias ou declives acentuados, o Caminho do Norte ou mesmo o Caminho Primitivo oferecem-lhe o desafio que procura. Também a Via da Prata, embora aqui se deva ter presente que o clima será particularmente quente no verão nas etapas do interior da península.

Qual é a bicicleta ideal para fazer o Caminho de Santiago?

Se para os peregrinos a pé um dos elementos mais importantes a considerar é o calçado, no caso dos bicigrinos a escolha da bicicleta ideal é fundamental.

Quem não tiver bicicleta própria terá sempre a opção de alugá-la durante os dias que dedicarão ao Caminho. O mais cómodo é contactar uma agência que nos ajudará a reservar uma bicicleta adequada e a organizar a nossa viagem etapa a etapa, oferecendo-nos apoio sempre que precisarmos.

Bicicleta de montanha

A maioria dos bicigrinos opta pela mountain bike por ser o modelo que oferece a melhor suspensão para os terrenos mais difíceis. Lembre-se de que haverá trechos de terra ou pedras, então você deve estar preparado e ter uma bicicleta que responda.

Bicicleta de estrada

É uma opção se pretende fazer o Caminho de Santiago em asfalto, trocando as estradas de terra pelas estradas paralelas. Neste caso, não se deve esquecer de ter refletores e luz que permitem ver e ser visível em qualquer circunstância, minimizando assim os riscos de circulação entre carros.

Bicicleta híbrida

Outra opção é a bicicleta híbrida, a meio caminho entre uma de montanha e uma de estrada. Existem bicicletas deste tipo especialmente concebidas para o Caminho de Santiago, com as quais podemos enfrentar todos os tipos de terreno, tanto de terra como de asfalto.

Bicicleta elétrica

Por fim, também há quem opte pela bicicleta elétrica, embora esse modelo continue gerando polêmica. Lembre-se, porém, que esse tipo de bicicleta costuma ser mais pesado, pois tem motor acoplado, além de ser necessário recarregar as baterias por várias horas.

Seja qual for a sua escolha, lembre-se que você pode se deixar ser aconselhado por especialistas que o ajudarão a organizar seu Camino para que você aproveite ao máximo e possa contar com a assistência em todos os momentos.

Qual material é essencial para fazer o Caminho de bicicleta?

Fazer o Caminho de Santiago de bicicleta requer o transporte de material adicional que não seria necessário se você optar por fazer o Caminho a pé.

Por isso, vamos fazer um resumo do que você não deve perder se se atreve a fazer esta peregrinação sobre duas rodas, além do que é essencial se você faz o Caminho.

  • Capacete: muito importante, nunca se esqueça de usá-lo corretamente preso
  • Refletivo para corpo e bicicleta: especialmente para as primeiras horas da manhã e para fases com nevoeiro denso
  • Cobertura de gel para sua sela: pode parecer desnecessário, mas com o tempo você vai agradecer
  • Sino no guiador: especialmente se você vai fazer um Caminho muito movimentado, como o Caminho da França, isso o ajudará a não colidir com outros peregrinos a pé
  • Alforjes impermeáveis: você vai pedalar em poças e na chuva, por isso é importante não se molhar nem danificar seus pertences pessoais
  • Multi-ferramenta: para quaisquer ajustes necessários durante o Camino, eles devem ter um cortador de corrente e chaves Allen
  • Câmera e remendos: sempre podem surgir furos no percurso, por isso é melhor ter recursos para resolvê-los o mais rápido possível e poder continuar no ritmo esperado

Além deste material específico para bicigrinos, não se esqueça do essencial para fazer o Caminho de Santiago:

  • Sapatos confortáveis ​​e chinelos
  • Saco de dormir
  • Toalha
  • Protetor solar
  • Sua credencial de peregrino
  • Passaporte ou DNI
  • Cartão de saúde

Esperamos ter ajudado você, mas se precisar de mais informações, não se esqueça que somos especialistas no Caminho de Santiago.

Contacte-nos e tiraremos todas as suas dúvidas!

Receber informação

Quer fazer o Caminho de Santiago?

Confie na melhor agência para organizar a sua viagem. Deixe os seus dados e nós iremos enviar-lhe informação sem qualquer compromisso.


Os seus dados vão ser comunicados à Pilgrim Travel S.L. , e esta empresa vai gerir a sua solicitação. Para exercer os seus direitos de limitação do tratamento, consulte a política de privacidade. Dados recolhidos por Premium Leads S.L.