O Caminho de Santiago sozinha

6 de mai. de 2021

Se você já pensou em fazer o Caminho de Santiago sozinha, certamente algumas dúvidas o assaltaram … É perigoso? Existe uma chance de eu me perder? Vou ficar muito entediada? Serei capaz de me defender?

Nossa recomendação é que você não deixe que essas preocupações o bloqueiem, pois pode estar perdendo uma das experiências mais memoráveis ​​de sua vida. E garantimos que falamos por experiência própria.

É por isso que hoje queremos dar a você vários motivos para fazer o Caminho de Santiago sozinha e aproveitar ao máximo sua viagem.

Por que fazer o Caminho de Santiago sozinha?

Embora o Caminho de Santiago possa ser uma experiência muito divertida para fazer em família ou com um grupo de amigos, muitos peregrinos decidem fazer esta viagem com a mochila como única companhia.

As razões? Podem ser muitas: porque ninguém no seu ambiente está disponível, porque o propuseram como um desafio pessoal, porque querem interiorizar e ordenar o seu pensamento… São tantos os motivos como as variantes do Caminho de Santiago.

Receber informação

Seja como for, caminhar desacompanhada tem muitas vantagens, como explicaremos a seguir. Portanto, se você ainda tiver dúvidas, continue lendo para terminar de decidir.

Vantagens de fazer o Caminho sozinha

Você anda no seu próprio ritmo e do seu jeito

A principal vantagem de fazer o Caminho sem companhia é que as decisões que você tomar dependerão apenas de você. Você define o ritmo, escolhe onde dormir, determina todos os aspectos da viagem.

Você não terá que esperar por ninguém ou tomar decisões juntos, então viverá a experiência mais do que pode imaginar.

Você vai descobrir seus limites

Partir nesta aventura sozinha pode parecer um desafio pessoal que muitas pessoas não querem enfrentar. Mas os benefícios de fazer isso são muitos.

Ao sair da zona de conforto de viajar sempre acompanhada, conhecerá os seus limites, saberá até onde é capaz de ir e verá o seu esforço recompensado no final do Caminho. O sucesso dependerá exclusivamente de você e de sua capacidade de alcançá-lo, e isso é algo que lhe dará grande satisfação e que você desejará repetir em breve.

Você vai conhecer pessoas novas e diferentes

Se você faz o Caminho de Santiago com um grupo fechado de familiares e amigos, é mais provável que você se limite a socializar dentro desse grupo. Porém, a peregrinação sem companhia o tornará mais receptiva às interações com o resto dos peregrinos e que eles também o verão de uma forma mais acessível.

Solidariedade e empatia entre os caminhantes são sentimentos característicos desta experiência, nós garantimos! E se viajar desacompanhada, você se beneficiará, pois sempre que precisar de alguma coisa, qualquer peregrino se oferecerá para ajudá-la. Você pode começar sozinha, mas sempre acabará conhecendo alguém novo em qualquer lugar do mundo.

Possíveis desvantagens de fazer o Camino sozinha

É mais fácil se perder?

Embora ir sozinha possa aumentar as chances de se perder em alguma etapa do Caminho de Santiago, a verdade é que é algo bastante inusitado.

Qualquer um dos Caminos de Santiago, mas especialmente aqueles com mais tráfego, estão muito bem sinalizados. Em cada cruzamento ou desvio possível encontrará uma seta amarela ou um monte de pedras que indica por onde deve continuar, quer se encontre numa estrada de asfalto ou numa estrada de terra no meio da serra.

É mais chato?

Mais uma vez, vai depender do Caminho de Santiago que você escolher, do seu jeito de ser e do que você procura durante a sua jornada.

Embora muitas vezes seja apreciado poder caminhar no seu próprio ritmo e fazer as paradas que você precisa quando precisa, é verdade que, uma vez que você tenha alcançado seu destino diário, você pode perder uma pequena companhia confiável para compartilhar experiências e sentimentos.

Felizmente, o Caminho de Santiago oferece a possibilidade de fazer novos amigos, e garantimos que, a menos que não queira que isso aconteça, você sempre terá a oportunidade de iniciar uma conversa com outros peregrinos na mesma situação. Lembre-se de que você fará as mesmas etapas todos os dias, então no final sempre acabará coincidindo.

Qual Caminho de Santiago é melhor fazer sozinha?

Dependendo do Caminho de Santiago que você escolher, encontrará um ambiente muito diferente. É por isso que é conveniente deixar claro qual deles você vai optar, especialmente se você está procurando fazer isso sozinha.

Você deve primeiro considerar a época do ano, pois a experiência pode ser muito diferente dependendo da época. Por exemplo, se você vai fazer no verão, recomendamos que você evite o Caminho Francês, pois será muito movimentado, embora seja uma opção em que você sempre terá segurada. Se esta é a maneira que você deseja fazer, nossa recomendação é que você tente adiá-la ou adiá-la alguns meses. Maio ou início de junho, ou até setembro, são bons meses.

Claro, você também terá que levar em consideração sua forma física e o desafio que deseja enfrentar. Desta forma, se está habituada a praticar desporto e não tem medo de cumprir etapas difíceis com quase nenhum serviço entre uma e outra, o Camino Primitivo pode ser uma opção altamente recomendada.

Receber informação

Em resumo, se o que você deseja é continuar na solidão até chegar ao objetivo final, escolha a baixa temporada ou os caminhos menos percorridos, para dificilmente encontrar peregrinos durante sua jornada. E se a sua intenção é fazer amigos a cada etapa, deixe-se levar pelos caminhos mais populares entre os caminhantes para ter sempre alguém com quem compartilhar os melhores momentos todos os dias.

Recomendações para fazer o Caminho sozinha

Prepare com antecedência

Vale a pena que ao caminhar você só vá no seu próprio ritmo e nas pausas que desejar. Mas isso não significa que você não deva se preparar fisicamente antes de embarcar no caminho.

Não se esqueça de treinar nos dias anteriores ao Caminho de Santiago, percorrendo vários quilômetros com o calçado que vai usar durante sua experiência e em todos os tipos de terreno. Assim saberá qual é a sua condição física e quais as necessidades que terá ao longo de cada etapa até chegar a Santiago de Compostela.

Não ande a noite

Embora o Caminho de Santiago não envolva perigos, nossa recomendação é viajar cada etapa sempre à luz do dia. Principalmente se você for fazer sozinha, pois assim será mais difícil se perder ou até mesmo se machucar.

Saindo cedo de madrugada e caminhando em ritmo moderado, mesmo fazendo as paradas necessárias, você deverá conseguir chegar ao seu destino após o meio-dia. Assim, você chegará tarde para comer, descansar e recarregar as baterias para o dia seguinte, sem ter que caminhar quando começar a escurecer.

Fique sempre conectada

Recomendamos que você sempre deixe cada estágio com a bateria do seu celular carregada, ou mesmo que leve uma segunda bateria (ou um carregador portátil) para viajar.

Desta forma, estará sempre disponível para ser contactado e poderá consultar o GPS ou qualquer mapa do seu telemóvel caso necessite. Além disso, você pode entrar em contato com o número de telefone de emergência (112) para relatar qualquer contratempo que possa surgir, seja você ou outro peregrino na mesma situação.

Deixe uma agência andar com você

Outra opção que muitas pessoas que viajam sozinhas recorrem é deixar toda a viagem nas mãos de uma agência com experiência no Caminho de Santiago.

Desta forma, você não só fará sua viagem perfeitamente organizada, garantindo uma cama em cada pousada ou pensão ao final de cada etapa, mas também poderá ter certeza que alguém estará sempre disponível para o que você precisar ou para ajudá-lo a resolver eventos imprevistos que podem surgir.

Receber informação

Quer fazer o Caminho de Santiago?

Confie na melhor agência para organizar a sua viagem. Deixe os seus dados e nós iremos enviar-lhe informação sem qualquer compromisso.


Os seus dados vão ser comunicados à Pilgrim Travel S.L. , e esta empresa vai gerir a sua solicitação. Para exercer os seus direitos de limitação do tratamento, consulte a política de privacidade. Dados recolhidos por Premium Leads S.L.